Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Polícia Política

Ministério Público do Rio pede prisão preventiva de Flordelis

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pediu, nesta sexta-feira (13), a prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis. A defesa entrou ainda com um pedido de habeas corpus para evitar a prisão na Justiça do Rio.

Flordeliz e outras 10 pessoas foram denunciadas pelo assassinato do seu então marido, o pastor Anderson do Carmo de Souza, em 2019. Na última quarta-feira (11), a Câmara dos Deputados cassou o mandato da agora ex-deputada por quebra de decoro.

Advogados da família do pastor Anderson já tinham entrado na Justiça do Rio com um pedido de prisão logo depois que Flordelis perdeu o mandato. A defesa de Flordelis também solicitou que este pedido de prisão feito após a cassação não seja considerado.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143