Digite sua busca

 

 

Bahia Brasil Notícias Notícias em destaque Política

Ministros anunciam série de medidas para apoiar cidades baianas afetadas pelas chuvas

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e da Cidadania, João Roma, sobrevoaram, nesta terça-feira (28), as regiões que passam pelas fortes chuvas no sul da Bahia e, ainda hoje, anunciaram, em coletiva de imprensa, diversas medidas de apoio às cidades afetadas. A reunião também contou com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Durante o anúncio das medidas, que foi mostrado em transmissão ao vivo, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), também apareceu e chegou a falar por alguns minutos, declarando que “estamos registrando o maior desastre natural da historia da Bahia”. Até o momento, foram mais de 470 mil pessoas afetadas de alguma forma pelo temporal, 20 mortos e 358 feridos, além de 31.405 desabrigados e 31.391 desalojados.

Entre as ações de apoio anunciadas, estão o recebimento de parte dos R$ 200 milhões em crédito extraordinário para a reconstrução de rodovias danificadas pelas chuvas (o que beneficiará não apenas a Bahia, mas também outros quatro estados), reforço na vacinação contra a gripe e hepatite A, além de linhas de crédito via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social).

O BNDES ajudará com a reconstrução das cidades, enquanto o Banco do Nordeste prorrogará prazos de pagamento de financiamentos, irá lançar uma linha emergencial com prazos de até oito anos para pagamento e doará 1 tonelada de alimentos arrecadados no Natal Social do Banco do Nordeste.

Na coletiva, a ministra Damares Alves contou que o governo trabalha com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para trabalhar na prevenção de desaparecimento de crianças e de perdas de documentos. Além disso, ela informou que o Disque 100 está disponível em toda a região para registros de pedidos de socorro, violação de direitos e para denunciar o desaparecimento de pessoas.

Já o chefe da pasta da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que está disponibilizando médicos da Força Nacional e mais 90 profissionais para atenção primária. “O presidente Bolsonaro hoje me ligou e pediu que enviasse todos os esforços, para que não faltasse nada em saúde para o povo da Bahia”, declarou.

A pasta ainda vai conceder 1 tonelada de insumos, 100 mil doses de vacina contra a gripe e imunizantes contra a hepatite A, além de ter editado uma portaria no valor de R$ 12 milhões para as áreas afetadas pelas enchentes. Segundo ele, para a Bahia, mais de R$ 7 milhões já foram repassados do Fundo Nacional de Saúde para os Fundos Municipais. Queiroga também declarou que vão utilizar assistência para pessoas que se acidentarem ou que sejam atacados por animais peçonhentos.

Foto: Reprodução/Youtube

Tags:

Leia também