Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Política

Ministros planejam incluir novos ataques de Bolsonaro a inquéritos já existentes

Uma estratégia para fazer com que todas as novas tentativas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de descredibilizar o processo eleitoral e atacar o Judiciário sejam incorporadas como novas provas aos inquéritos já abertos contra o chefe do Executivo está sendo trabalhada pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o jornal O Globo, o STF avalia que eventuais declarações de Bolsonaro nestes termos não sejam mais respondidas por meio de notas institucionais, nem virem alvo de novos pedidos de apuração. A ideia é que elas deem ainda mais subsídio às investigações já em andamento.

Desde a última segunda-feira (2), quando o TSE decidiu pedir a inclusão de Bolsonaro no inquérito do STF e aprovou por unanimidade a abertura de um inquérito administrativo para apurar ataques à legitimidade das eleições, o presidente deu pelo menos cinco novas declarações públicas de ataques ao sistema eleitoral e ao Judiciário.

Foto: Carolina Antunes / PR

Leia também:

“Nem o horror, nem o terror”, diz João Dória sobre eleições presidenciais

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143