Digite sua busca

 

 

Bahia Eleições Política Salvador

“Não é o momento”, ressalta ACM Neto sobre possibilidade de impeachment de Bolsonaro

Encarando um cenário político acirrado pela chegada das eleições ao governo do estado e a presidência da República, em 2022, o ex-prefeito de Salvador e presidente do Democratas, ACM Neto, avaliou a possibilidade de um possível impeachment do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Em entrevista ao programa Sociedade Urgente, da Rádio Sociedade, na manhã desta terça-feira (13), Neto pontuou a atual situação de governo. De acordo com o político, não há fatos que justifiquem a retirada de Bolsonaro do seu cargo.

“Eu sou muito claro em relação a isso. Impeachment, para ser algo sério, precisa de pelo menos três coisas reunidas; Respaldo jurídico, fato jurídico contundente, respaldo amplo, majoritário e amplo da população. Na minha opinião, nenhuma das três coisas estão presentes”, conta.

Ainda segundo Neto, caso a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, presidida por Omar Aziz (PSD-AM), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e que conta com Renan Calheiros (MDB-AM) como relator, revele alguma irregularidade, sua posição poderá ser alterada.

“Permaneço crítico ao governo, tenho feito críticas ao presidente e as circunstâncias, porém, acredito que não seja o momento de impeachment. Mas aí, caso a CPI revele coisas sérias e cabeludas, que possam justificar um impeachment, aí podemos mudar de posição”.

Candidatura ao governo do Estado

Deputado federal de Salvador por três oportunidades e prefeito da capital baiana em duas, ACM revelou que pretende anunciar, ainda este ano, de maneira oficial, a sua candidatura ao governo do estado da Bahia, e que que não deve discutir formação de chapas em 2021.

Foto: Marcos Corrêa / PR

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143