Digite sua busca

 

 

Bahia Educação Rádio Sociedade

“Não vai ter retorno”, afirma presidente da APLB-BA sobre aulas na Bahia

Suspensa desde de março de 2020, por conta do avanço da pandemia de Covid-19, as aulas no sistema público de ensino da Bahia devem retornar no dia 26 de julho. Pelo menos essa é a determinação do governador do Estado, Rui Costa, que fez o anúncio nesta terça-feira (13).

Com 5.466.911 vacinados contra o coronavírus, com pelo menos a 1° dose, segundo os últimos dados divulgados pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), os estudantes voltarão às salas de aula em um modelo híbrido, com aulas em dias alternados durante a semana, seguindo o protocolo de saúde, de acordo com o gestor estadual.

Porém, o anúncio pegou de surpresa a categoria, conforme o presidente da Associação dos Professores Licenciados do Brasil seção-Bahia (APLB-BA), Rui Oliveira. “Recebo essa informação de forma inoportuna, sem nenhuma consulta à categoria. Lamento que um gestor público compare as aberturas de shoppings, bares, ao ensino. É lamentável essa visão economicista”, explicou, em entrevista ao programa Sociedade Urgente, da Rádio Sociedade, na manhã desta quarta-feira (14).

Para o diretor, condicionar o retorno dos alunos ao corte no auxílio (Bolsa Presença), concedida no valor de R$ 150, para 311 mil famílias e 357 mil estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica é levar uma grande parcela da sociedade mais necessitada ao “corredor da morte”.

“Este grupo preto, pobre da periferia, mais necessitado, está sendo intimidado. Nós queremos o diálogo. Tínhamos uma posição de voltar somente após a aplicação da 2° dose. Entre a vida e a morte, prefiro viver, e os pais têm essa compreensão”, completa.

Posição reafirmada

Por fim, Oliveira declarou que a posição contra o retorno será reafirmada nesta sexta-feira (16), além de solicitar uma documentação junto ao Ministério Público (MP-BA), criando uma responsabilidade civil e criminal para qualquer trabalhador que se contamine com a Covid-19.

“Você tem milhares de pessoas não vacinadas. Você não tem imunidade de rebanho. Para quê arriscar um mês, é por vaidade? por que eu sou rei? Não vai ter. Não vai, com certeza. Pode apostar. Não tem condições de voltar”, finaliza.

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143