Digite sua busca

 

 

Cidades Notícias em destaque Salvador

Ocupação do Shortinho: grupo de Salvador organiza protesto em repúdio à ação de segurança do Walmart

Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais esta semana ganhou um novo capítulo. O caso do estudante de psicologia, Marcos Pascoal, que foi impedido de entrar em um supermercado no bairro de Itapuã, em Salvador, em virtude do short que usava na ocasião, gerou uma comoção entre as comunidades LGBTQI+ da capital, mas dividiu muitas opiniões também.

Em protesto a ação do segurança do hipermercado, um grupo de Salvador organizou uma manifestação batizada como “Ocupação do Shortinho” [referência à vestimenta usada pelo jovem no dia do episódio].

Entenda o caso:

Reprodução|Redes Sociais

O encontro está previsto para acontecer hoje (24), às 15h, em frente ao Walmart de Itapuã, localizado na Avenida Dorival Caymmi.

Marcos informou ter tido conhecimento da manifestação e que ficou muito comovido com a atitude dos apoiadores, porém, não vai estar presente no protesto que acontece logo mais.

“Não me vejo em condições de participar, porque esse ambiente se tornou traumático para mim, mas fiquei tocado pela iniciativa”, declarou o estudante.

O caso foi registrado na Delegacia Virtual da Bahia, na segunda-feira (21). Para o jovem, a queixa representa uma cobrança à sociedade, uma forma de garantir os seus direitos.

“O mínimo possível que um cidadão ou uma cidadã deve receber é respeito, independente da sua orientação sexual”, desabafou.

Foto: Reprodução|Redes Sociais

 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X