Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Salvador

“Origem do aumento é na Petrobras”, afirma diretor de Comunicação do Sindipetro sobre elevação no preço do gás

O Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) da Bahia retomou a venda de gás por preço justo. Nesta segunda-feira (29), a ação aconteceu no bairro da Liberdade, em Salvador, a partir das 7h. No local, foram vendidos botijões por R$ 50 para as primeiras 100 pessoas que chegaram ao local. O restante do valor foi subsidiado pelo Sindipetro.

“É mais uma ação que o Sindipetro continua realizando em Salvador e em toda a Bahia para provocar essa discussão importantíssima sobre a política de preços praticada atualmente pela Petrobras que é o PPI, a Paridade de Preço de Importação. Essa prática que vem aumentando sistematicamente os preços e prejudicando a sociedade como um todo, que acaba pagando muito mais caro por produtos essenciais e que poderiam ter preços justos”, disse o diretor de Comunicação do Sindipetro, Radiobaldo Costa, em entrevista à Rádio Sociedade.

“A nossa ação, infelizmente, ela não consegue alcançar um número maior de pessoas, mas ela é importante porque além de comtemplar moradores, no caso hoje da Liberdade, ela também provoca esse debate, essa compreensão de que essa política de preços da Petrobras poderia ser feita de forma diferente”, continuou.

O diretor aproveitou e explicou em que momento o preço do gás fica mais alto. “Muita gente fica confusa com essa política de preços. Quem aumenta o preço dos derivados e não só do gás de cozinha, mas também do diesel e da gasolina, é a Petrobras. A Petrobras hoje produz praticamente 98% de todos esses derivados que são consumidos no Brasil. Aqui na Bahia, esses produtos são produzidos pela Refinaria Landulpho Alves, a RLAM, localizada no município de São Francisco do Conde”, explicou.

“Então, à medida que a Petrobras anuncia aumento no produto na origem, esse produto sai aumentando em toda a cadeia de preços, ou seja, aumenta o imposto federal, aumenta o imposto estadual, aumenta a margem do distribuidor e do revendedor. Mas a origem do aumento é na Petrobras. E porque que aumenta? É por causa do PPI, que estabelece o dólar e o preço do barril do petróleo no mercado internacional como âncora de preço. Então, toda vez que o preço aumenta, joga para cima os derivados do petróleo”, completou.

Pedro Bispo Dias, de 82 anos, que tem dez filhos, contou que chegou ao local para comprar o gás alguns minutos após às 5h da manhã. Ele disse ainda que a iniciativa é ótima e desabafou: “A situação que a gente se encontra está para lá de pior”.

Para Mirlene seria um sonho ter gás custando R$ 50 sempre. “A situação está difícil. Perto de onde eu moro as pessoas já estão começando a cozinhar à lenha”, informou.

O Sindipetro Bahia já realizou ações do preço justo do gás em cidades como Feira de Santana, Ipirá, Alagoinhas, Mata de São João, Catu, Cardeal da Silva, Pojuca, São Sebastião do Passé, Ilhéus, Itabuna, Santo Amaro e Madre de Deus. As ações já foram realizadas também em diversos bairros de Salvador, sempre beneficiando a população de baixa renda.

Fotos: Sociedade Online

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143