Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque

Pandemia: Número de brasileiros sem trabalhar chegou a 53,2%

A chegada da pandemia da Covid-19 trouxe variáveis incontroláveis, dentre elas: o desemprego. Com o fechamento do comércio e a paralização da produção no setor industrial, cerca de metade a população com idade de trabalhar ficou afastado ou perdeu o emprego.

De acordo com os dados de um estudo feito pelo professor Hélio Zylberstajn, sênior da FEA/USP e coordenador do Projeto Salariômetro, da Fipe, o número de brasileiros inativos excedeu a marca de 40%.

O maior índice foi entre os meses de julho e agosto, quando o indicador chegou a 45,3% — a média histórica é de 38,9%. Zylberstajn utilizou dados de todas as pesquisas Pnad Contínua, do IBGE, para chegar a estes números.

Conforme informações da Folha, somando-se a esse contingente, dos brasileiros desempregados (aqueles que estão procurando emprego, segundo o critério do IBGE), a quantidade de pessoas sem ocupação chegou a 53,2%, um recorde.

Foto: Davi Pinheiro

Tags:

Leia também