Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque Pandemia Política SAÚDE

Pazuello diz que governo decidiu não intervir durante crise em Manaus

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado, nesta quinta-feira (20), que o governo federal se reuniu para deliberar sobre uma possível intervenção na saúde do Amazonas durante o pico da pandemia no Estado. Pazuello disse que não era sua decisão de intervir ou não, mas que o tema foi debatido em uma reunião de ministros com a presença de Jair Bolsonaro e do governador do Estado, Wilson Lima. Nesse encontro, entretanto, decidiram não intervir no Amazonas.

“Essa decisão não era minha…Foi levado à reunião de ministros com o presidente. E o governador, presente, se explicou, apresentou suas observações. E foi decidido pela não intervenção. Foi dessa forma que aconteceu”, informou.

Sobre a crise do oxigênio, o general contextualizou que a empresa White Martins, principal fornecedora do insumo ao estado, “já vinha consumindo a sua reserva estratégica e não fez essa posição de uma forma clara desde o início”, disse, colocando sobre a empresa parte da responsabilidade pelo colapso. “O contraponto disso é o acompanhamento da Secretaria de Saúde, que não o fez. Se a Secretaria de Saúde tivesse acompanhado, […] teria descoberto que medidas precisariam ser feitas imediatamente”.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143