Digite sua busca

 

 

Mundo Mundo Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Pesquisadores iniciam testes de spray nasal da vacina de Oxford em humanos

Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, deram início a testes clínicos em humanos de um spray nasal da vacina contra a Covid-19 comercializada pela AstraZeneca.

A plataforma é a mesma da versão intramuscular: vetor de adenovírus de chimpanzé inativado com parte do material genético do coronavírus SARS-CoV-2. O estudo acompanhará a segurança e tolerabilidade do imunizante intranasal em até 54 adultos saudáveis no Reino Unido por seis meses.

“Alguns imunologistas acreditam que a aplicação da vacina no local da infecção pode aumentar a proteção, especialmente contra a transmissão e doenças leves. Esperamos que este pequeno estudo focado na segurança estabeleça a base para futuros estudos maiores que são necessários para testar se administrar a vacina desta forma protege contra a infecção por coronavírus”, afirmou o principal pesquisador do estudo, Sandy Douglas, em comunicado.

Em alguns países da América do Norte e Europa, as vacinas por spray nasal contra a gripe são usadas especialmente entre crianças. “Esta é uma abordagem nova e empolgante para administrar uma vacina contra covid-19 líder que pode ser muito eficaz na prevenção não apenas de episódios de doenças, mas também de infecções assintomáticas e, assim, ajudar a reduzir a transmissão na população”, ressaltou o professor Adrian Hill, investigador principal do estudo e diretor do The Jenner Institute, ligado à Universidade de Oxford, que conduz a pesquisa.

O The Jenner Institute, informa que os participantes receberão entre 325 libras e 445 libras (R$ 2.333 e R$ 3.195), de acordo com o número de doses que receberem uma ou duas, respectivamente.

Ainda não há previsão de quando o imunizante poderá estar disponível para a população, mas a fase inicial dos estudos estão previstos para serem concluídos em fevereiro de 2022.

Outras duas fases de testes são exigidas antes de os desenvolvedores pleitearem o registro junto a órgãos reguladores.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143