Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque

“Preço do petróleo subiu devido a oferta e demanda”, afirma Sindicombustíveis

O secretário executivo do Sindicombustíveis Bahia (Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado), Marcelo Travassos, explicou como funciona a política de preços da gasolina. De acordo com o especialista, o preço do petróleo subiu devido a demanda.

“A gasolina, assim como o diesel, ela tem seguimentos bem distintos. Cada um com sua responsabilidade de precificação dos produtos. O primeiro seguimento é o da busca, entre refinarias e exportações. Também temos o seguimento de comercialização, onde temos a revenda, distribuição e transportadora. Sem esquecer do seguimento que influencia de forma significativa na formação de preço que é o governamental, através dos impostos”, explicou, em entrevista ao programa Balanço Geral, da Rádio Sociedade, nesta quinta-feira (9).

Contudo, Marcelo pontuou que a política fiscal que é implementada nos combustíveis ela tem um viés de repartição de renda muito grande. “Através dessa política fiscal que tanto o governo federal, como o estadual e municípios através da repartição destes fundos, eles implementam as suas políticas sociais”.

O secretário explicou ainda que o que acontece nos combustíveis atualmente “é que nós tivemos por parte da Petrobrás, nos anos de 2016 e 2017, uma situação que fez com que a empresa tivesse sua imagem”.

Ainda segundo Marcelo, o preço do petróleo subiu devido a oferta e demanda, principalmente neste período de pandemia, com a vacinação.

“O que faz com que o dólar tenha influência é a nossa economia. Na situação atual, estamos diante de uma crise sanitária, social e econômica absurdas. Então, o questionamento é sobre esta política que a Petrobras está adotando, porque em 2020, os aumentos foram em intervalos de tempo muito curtos e com percentuais muito altos (…) Os impostos acompanham a subida de preço no mercado e consequentemente a gente termina tendo um aumento de custo dos tributos na composição do preço”, completou.

Foto: Marcello Casal jr / Agência Brasil

Leia também:

Puxada pelos combustíveis, infIação oficial fecha agosto em 0,87%

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143