Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque Pandemia SAÚDE

Prefeitura de Camaçari decide afastar servidores que não apresentem comprovante de vacinação

A Prefeitura de Camaçari decidiu afastar os servidores que não apresentem comprovante de vacinação contra a Covid-19 e deu prazo de dez dias para que tomem o imunizante e regularizem a situação. A medida foi publicada nesta quinta-feira (16) no Diário Oficial do Município e leva em consideração o decreto de 21 de agosto de 2021, que dispõe sobre a obrigatoriedade da vacinação dos funcionários públicos.

Neste prazo de dez dias, não haverá prejuízo aos salários dos servidores afastados. Contudo, passado o prazo, caso não haja a regularização da situação, os funcionários que não se vacinarem terão corte na remuneração. Além disso, os servidores estatutários terão que responder a processo administrativo, enquanto comissionados e temporários serão exonerados ou terão o contrato rescindido.

“Nós já estamos há quase dois anos nesta batalha contra o coronavírus, lutando pela vida das pessoas. Sabemos que a vacina tem salvado muitas vidas e foi graças a ela que nós conseguimos controlar a situação, de forma que aos poucos estamos voltando às nossas atividades. Então, está claro que a vacina salva e é o caminho para que possamos conter a disseminação do vírus e proteger a vida das pessoas”, disse o prefeito Elinaldo Araújo (Democratas).

O secretário da Administração, Hélder Almeida, pontua que a medida começa a valer imediatamente. “Todos os servidores públicos já foram comunicados sobre o decreto que obriga a vacinação. Aqueles que ainda não o fizeram, têm mais dez dias para se imunizarem. Esta é uma medida necessária para conscientizar os funcionários públicos de forma que entendam a importância da vacinação”, afirmou.

Foto: Divulgação

Tags:

Leia também