Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Primeiro caso de Covid-19 na Bahia completa 1 ano neste sábado (6)

Com 12.353 mortes por conta da covid-19, a Bahia completa neste sábado (6), um ano de enfrentamento à pandemia da doença. O primeiro caso diagnosticado no Estado, segundo a Secretaria de Saúde, foi de uma mulher, de 34 anos, residente em Feira de Santana, que voltou da Itália. Ela teria transmitido o vírus para a sua empregada doméstica.

O Secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, fez um balanço destes 12 meses do primeiro caso na Bahia, ressaltando que este é um dos piores momentos em que vivemos no enfrentamento à pandemia.

“Aqui na Bahia o povo deu uma demonstração de união, compreensão e colaboração. Desde o começo, quando lançamos a campanha pelo uso do álcool gel, na sequência, a campanha para o distanciamento social, e, finalmente, o uso de máscaras, a Bahia deu um ‘show’. E esse ‘show’ se transformou em um dos mais baixos índices de contaminação e de taxa de mortalidade de todo o brasil, e um dos mais baixos do mundo”, disse.

E continuou:

“Tudo isso só foi possível por causa da união. Pretendemos continuar assim, unidos, lutando contra esse poderoso inimigo que vem se modificando ao longo do tempo, tornando-se mais agressivo, nos obrigando a estarmos lutando com mais vaga de UTI e com mais hospitais. Felizmente falta pouco para que possamos ter vacina em quantidade suficiente para atender a população”.

Desde o início da pandemia até agora, a Bahia já registrou 706.375 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus, sendo que 671.789 já se recuperaram. No momento 22.233 ainda estão com a doença, e 991 pacientes estão internados em leitos de UTI adulto, o que representa uma taxa de 87% de ocupação, segundo a Sesab.

Foto: ASCOM | SESAB