Digite sua busca

 

 

Mundo Notícias em destaque

Primeiro-ministro do Líbano renuncia em meio à crise política

O Primeiro-Ministro e todos os membros do governo do Líbano renunciaram aos seus cargos no início da tarde de hoje (10). O país enfrenta uma onda de protestos populares após a explosão no porto de Beirute, que matou pelo menos 160 pessoas, deixou seis mil feridos e destruiu boa parte da capital libanesa.

Os ministros da Justiça, da Informação e do Meio Ambiente já haviam deixado seus postos. No último sábado (8), Diab anunciou que irá propor eleições parlamentares no país abalado pelas explosões provocadas por um incêndio no armazém onde 2.750 toneladas de nitrato de amônio estavam armazenadas há seis anos sem “medidas de prevenção”, segundo admitiu o próprio primeiro-ministro.

Pouco antes do anúncio, ele disse que a explosão foi resultado de corrupção endêmica no governo. Em um discurso curto transmitido pela TV, ele afirmou que vai dar “um passo para trás para poder estar com o povo e lutar por mudanças junto com as pessoas”.

Foto: Tele Liban/Handout via REUTERS

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X