Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Polícia Salvador

“Questões sociais influenciaram”, pontua Paulo Coutinho sobre aumento da violência na pandemia

Dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na última quinta-feira (15), apontaram que o Brasil teve um aumento no número de mortes violentas registradas em 2020, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Foram 50.033 mortes, contra 47.742 em 2019, um aumento de quase 5%.

Os números levantados pelo Anuário compõem as chamadas mortes violentas intencionais, ou seja, os homicídios, os latrocínios, as lesões corporais seguidas de morte e as mortes cometidas pela polícia.

Em entrevista ao programa Conexão Sociedade, da Rádio Sociedade, na manhã desta sexta-feira (16), o comandante da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), Coronel Paulo Coutinho, pontuou que, durante a pandemia, aconteceu uma mudança no horário e na forma de se praticar crimes.

“O momento pandêmico nos trouxe várias surpresas, e para a segurança pública não foi diferente. Não só de elevação de índices, mas também de sazonalidade do crime. Então nós não podemos dizer que na pandemia houve uma redução por causa do lockdown, porque mudaram o horário de praticar esses crimes, ou a forma de fazer. Existia a restrição de circulação noturna, o crime deixou de atuar em determinado horário, mesmo assim, numericamente, houve elevação”, destacou.

Questões sociais e tráfico de drogas

De acordo com o comandante, as questões sociais influenciaram no aumento no número da violência. “Em alguns locais tem pessoas passando fome. Se nós circularmos em uma grande metrópole como Salvador, vamos visualizar, em todos os semáforos, pedintes. Está existindo ali uma mensagem intrínseca que isso, futuramente, desembocará na segurança pública, porque, efetivamente, gera um problema de ordem social”, pontuou.

Ele também cita o tráfico de drogas como um fator que influenciou no aumento da violência. “O tráfico de drogas a nível de Brasil tem sido um canal de mortandade em todos os sentidos. A gente entende que 70% ou 80% desses crimes têm relação com o tráfico de drogas, com ações violentas entre grupos, aterrorizando as pessoas. Aí a polícia passa e entra como instituição de contenção para proteger a sociedade”, completou.

Foto: Sociedade Online

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143