Digite sua busca

 

 

Brasil Economia Notícias

“Reforma tributária desestimula o micro e pequeno empresário”, avalia especialista

Misto de impostos e do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens produzidos no país, a carga tributária é um verdadeiro vilão no Brasil. Avaliada em 31,64% em 2020, a taxa é considerada a 5° maior do mundo, segundo dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

De acordo com o Impostômetro, medidor instantâneo de cobranças, disponível no site da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), neste ano a Bahia já arrecadou R$ 53 bilhões de impostos. 

Para o advogado tributarista Nicolai Mascarenhas, em entrevista à Rádio Sociedade, nesta terça-feira (24), o grande problema do país é a má distribuição da Carga Tributária, o que acaba inibindo investimentos entre micro e pequenos empresários.

Avaliando a reforma do Imposto de Renda, liderada pelo Ministério da Economia, segundo o especialista, o cenário futuro aponta para uma cobrança ainda mais pesada que a atual.

“Isso preocupa muito, pois vai desestimular o médio, o pequeno e o grande empresário, em função de uma oneração que historicamente se mostra descabida”, afirmou, ao programa Sociedade Urgente.

Aumento nos combustíveis

Questionado sobre os frequentes aumentos no preço dos combustíveis, o advogado revela que o tema precisa ser mais debatido no senso comum e que as taxas são um reflexo do tamanho do estado.

“Serviço e carga tributária estão diretamente ligados ao tamanho do estado. É importante comentar que o custo do estado implica no aumento da carga tributária”, explica.

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143