Digite sua busca

 

 

Brasil Cultura Notícias Notícias em destaque

Relatório aponta ilegalidades praticadas pela Secult

Elaborado pela Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, um relatório traçou um panorama da gestão da Cultura no governo Bolsonaro e apontou o que considera ilegalidades praticadas pela pasta comandada por Mario Frias.

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, dentre os fatos que apontam a ingerência da gestão estão a extinção do Ministério da Cultura, o “desmonte da Lei Rouanet”, o atraso na execução de projetos pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), a Fundação Cultural Palmaraes “ideologizada” sob comando de Sérgio Camargo e o “descaso na manutenção de instalações”, em referência ao galpão da Cinemateca Brasileira, em São Paulo, que sofreu um incêndio.

Além disso, ainda de acordo com a publicação, o texto do relatório foi elaborada pela assessoria técnica da deputada federal baiana Alice Portugal (PC do B), presidente da comissão, e será publicado nas redes sociais.

Foto: Reprodução / Instagram

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143