Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque

Representantes do setor de transporte público vão a Congresso para alertar sobre crise

Representantes de empresas de transporte público estiveram no Congresso na última terça-feira (23) para pedir apoio ao marco legal e alertar sobre a crise no setor, que pode gerar paralisações, aumento da tarifa e falências em 2022.

O diálogo teve o objetivo de procurar por soluções para reduzir a tarifa e garantir a segurança jurídica aos contratos de concessão entre as empresas prestadoras do serviço e o governo.

Por conta da queda no número de passageiros e o aumento dos custos, especialmente dos combustíveis, as associações estimam que o prejuízo é de R$ 21 bilhões. Segundo Otávio Cunha, presidente da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano, desde 2020, 21 empresas suspenderam as atividades, enquanto outras 15 entraram em recuperação judicial e mais 7 contratos com o poder público foram suspensos.

Um exemplo dessa crise é a Concessionária Salvador Norte (CSN), que precisou passar o comando para a prefeitura da capital baiana. Nove meses após a intervenção, o prefeito Bruno Reis rescindiu o contrato com a empresa após a auditoria apontar irregularidades por parte da concessionária. A CSN deixou uma dívida de R$ 516 milhões.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom PMS

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143