Digite sua busca

 

 

Notícias

Rodoviários da antiga CSN retomam atividades às 11h e Sindicato da categoria não descarta greve geral

Os rodoviários que atuam no sistema de transporte coletivo de Salvador realizaram paralisação entre 4h às 8h, desta segunda-feira (19), deixando os soteropolitanos sem ônibus. Os funcionários ligados à antiga bacia da CSN, retomarão as atividades apenas às 11h.

Os transportes complementares de Salvador, popularmente conhecidos como “amarelinhos”, estão circulando na capital baiana desde as primeiras horas desta manhã (19), nas linhas com maior fluxo de passageiros.

Os trabalhadores reivindicam a vacinação da categoria e recebimento dos direitos trabalhistas dos rodoviários desligados em virtude da falência da Concessionária Salvador Norte (CSN).

“Já faleceram aproximadamente 30 rodoviários (…) este ponto de pauta para atingir este protesto de hoje foi justamente por causa da vacina que não chegou até nós. A gente transporta os enfermeiros, os servidores, o pessoal de auxiliar dos hospitais, temos que ser prioridades na vacina. O protesto das outras duas bacias são por conta da vacina. E se não resolver amanhã (20), numa reunião que nós estamos tendo com o Tribunal Regional do Trabalho deste aspecto da CSN e das vacinas, a gente vai estar construindo uma grande greve geral em Salvador, destacou Daniel Mota, Diretor de Comunicação do Sindicato dos Rodoviários da Bahia em entrevista à Rádio Sociedade.

No dia 01 de abril, cerca de 1.700 funcionários foram desligados da concessionária e 2.800 foram reaproveitados e contratados de forma direta pelo município, por meio do Processo Seletivo Simplificado (Reda). A prefeitura da capital baiana assumiu a gestão do contrato que deve durar seis meses.

Ainda não há informações sobre prazo de abertura do processo licitatório para da empresa que assumirá a administração do serviço.

Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários