Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Rodoviários exigem que dívida trabalhista seja assumida pela Prefeitura

O sindicato dos rodoviários iniciou, por volta das 13h desta sexta-feira (16), uma reunião com o prefeito de Salvador, Bruno Reis. Os trabalhadores exigem que a prefeitura assuma o pagamento da dívida trabalhista deixada pelo Consórcio Salvador Norte (CSN).

Pela manhã, os trabalhadores promoveram uma paralisação de atividades, na capital baiana, tanto na estação da Lapa, quanto na estação Pirajá. Na Lapa, os trabalhadores atravessaram ônibus na via de entrada e saída do local de transbordo, o que provocou um enorme congestionamento. As atividades nos dois locais foram retomadas por volta das 12h30.

Rodoviários protestam na entrada da estação da Lapa, na manhã desta sexta-feira (16). Imagem: Adriana Planzo | Sociedade Online

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), emitiu uma nota à imprensa, explicando que a Prefeitura tem interesse em negociar com os trabalhadores e antigos empresários para que seja definida uma conciliação.

“A gestão municipal reitera que tem empregado todos os esforços a fim de evitar uma possível paralisação dos serviços, tendo assumido diretamente a operação de transporte na bacia onde atuava a antiga concessionária e contratando mais de 2,8 mil funcionários pelo REDA, evitando também que a população seja penalizada com uma suspensão das atividades”, diz o documento.

Foto: Adriana Planzo | Sociedade Online