Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque

Rui apela para população deixar áreas de risco: “Não resistam”

O governador Rui Costa (PT) apelou para que a população saia das áreas de riscos após chuvas no sul e extremo sul da Bahia. O gestor permanece nesta segunda-feira (27) no centro de comando único criado pelo Estado, na cidade de Ilhéus, para centralizar as medidas emergenciais de ajuda à população que sofre com as enchentes neste mês de dezembro.

“Por favor não resistam de sair de suas casas. […] Em hipótese nenhuma voltar para casa pra pegar qualquer objeto. Depois da casa alagada, é preciso uma inspeção, mesmo que água abaixe. É preciso que o engenheiro, que o técnico, vá lá inspecionar porque muitas casas depois que a água abaixa ela desmorona, porque depois que a água entra a pressão ajuda a segurar as paredes, depois que a água sai a parede desmorona e a casa cai. Por favor, não voltem para casa antes de sem uma inspeção. Atenda o pedido da Defesa Civil Municipal, dos Bombeiros, da Polícia Militar. Se a orientação for sair, feche sua casa e saia o mais rápido possível”, alertou.

Rui chegou no domingo (26) a Ilhéus, coordenou reuniões de trabalho com secretários e técnicos, e hoje volta a visitar ou sobrevoar as localidades mais críticas. Já são 72 municípios baianos em situação de emergência por causa das chuvas.

O governador determinou a criação de mais 4 postos avançados de apoio para resgate, socorro e ações emergências em Itapetinga, Vitória da Conquista, Santa Inês e Ipiaú, além de Itamaraju e Ilhéus que já estavam funcionando com estrutura de Defesa Civil operacional.

Foto: Fernando Vivas / Gov-BA

Chuva na Bahia:

Salvador: este é o dezembro mais chuvoso em 32 anos

Chuva na Bahia: governo decreta situação de emergência em 72 municípios

Bahia tem 16 mortos e mais de 430 mil pessoas afetadas pela chuva

Igreja Universal arrecada mais de 90 toneladas de mantimentos para o extremo sul da Bahia

Tags:

Leia também