Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Rui Costa diz que manifestação contra lockdown é organizada por candidatos derrotados na última eleição

O governador Rui Costa (PT) aumentou o tom no programa Papo Correria, na tarde de hoje (4), para explicar que as manifestações organizadas na Bahia contra o fechamento do comercio, é motivada por questões ideológicas e lideradas por políticos da oposição ao seu governo, que estariam, segundo ele, espalhando fake new.

“Vários candidatos políticos que foram derrotados na última eleição, têm aproveitado o momento para tentar organizar passeatas, protestos… distribuindo fake news [sic]. São covardes que se escondem atrás de grupos de zap com IP falso. Essas pessoas deveriam ter coragem de publicar em sua rede oficial. Porque todas as vezes que publicaram essas informações falsas em suas redes sociais eu processei criminalmente várias pessoas que fizeram isso. Se você é um deles, tenha coragem e publique em sua rede, para que eu possa responder com uma ação judicial criminal para que você responda diante da justiça”, disparou.  

Rui enfatizou, também, que as medidas restritivas são necessárias para conter o avanço da pandemia do coronavírus na Bahia, e que tem se esforçado para reduzir o impacto econômico que o fechamento dos estabelecimentos de serviços considerados não essenciais tem causado.

“As medidas de isolamento só vão surtir efeito em três, quatro ou oito dias depois. Tem sempre um delay. Podemos afirmar que a doença não parou, mas percebemos uma diminuição no ritmo. 15 dias atrás tinha cerca de 10 mil casos positivos, na semana seguinte pulou para 20 mil e desde sexta esse número está estabilizado nos mesmos 20 mil. Dobrou em uma semana, parou num patamar altíssimo e parou de crescer, o que já é um alento. O ideal é que de cinco a seis dias o número de casos comece a cair”, disse.

Dessa vez, sem alfinetar o presidente da república, o governador da Bahia disse que o Brasil está deixando a desejar no tratamento de vidas humanas nesta pandemia.

“Infelizmente entramos para a história dessa pandemia como o pior país do mundo a tratar da vida humana e os números falam por si. O mundo está chocado com o Brasil. Passamos de 250 mil óbitos e estamos crescendo de forma acelerada, então a situação é muito grave e precisamos da colaboração de todos”, afirmou.

Foto: Reprodução | Print do Youtube | Página Papo Correria


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143