Digite sua busca

 

 

Mundo Mundo Notícias Notícias em destaque Política

Rússia proíbe primeiro-ministro inglês de entrar no país

Em resposta às sanções impostas pelo Reino Unido, a Rússia proibiu o primeiro-ministro de entrar na Rússia, conforme anunciado neste sábado (16) pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A proibição da entrada ao país russo também se aplica a outros funcionários do alto escalão britânicos, incluindo membros do governo de Boris Johnson. Segundo a diplomacia russa, a medida foi tomada em resposta à campanha política “destinada a isolar a Rússica internacionalmente e criar as condições para (…) estragular a economia nacional”.

“A política russofóbica das autoridades britânicas, que se encarregaram de promover uma atitude negativa em relação ao nosso país e de congelar laços bilaterais em praticamente todas as áreas, prejudica o bem-estar e os interesses dos habitantes da própria Grã-Bretanha”, destaca o comunicado.

Além de Johnson, também está proibida a entrada do vice-primeiro-ministro Dominic Raab, a ministra dos Negócios Estrangeiros Liz Truss, o ministro da Defesa Ben Wallace, a ex-primeira-ministra e agora deputada Theresa May e a primeira-ministra escocesa Nicola Sturgeon.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou quase dois mil civis, segundo dados da ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

Foto: Reprodução/CNN

Tags: