Digite sua busca

 

 

Brasil Economia Notícias em destaque

Salário médio inicial em empregos com carteira assinada caiu 5,6% nos últimos doze meses

Uma nova queda foi registrada na remuneração média de trabalhadores com carteira assinada. No total, um acúmulo de 5,6% em um ano. De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Previdência, em maio, o valor médio real pago aos trabalhadores brasileiros foi de R$ 1.898. Em abril, o valor era de R$ 1.1916, e de R$ 2.010 em maio de 2021, valores corrigidos pela inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O valor de R$ 1.898, registrado em maio é o menor desde dezembro do ano passado. No mesmo mês, 277 mil vagas de empregos com carteira assinada foram registradas no Brasil. De acordo com o governo federal, já são 1,05 milhão de vagas formais a mais em 2022.

As vagas de alojamento e alimentação, serviços domésticos e comércio registraram os menores salários em maio. Em contraponto, as vagas nos setores de atividade financeira, eletricidade e gás e organismos internacionais registraram as maiores remunerações.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags:

Leia também