Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias em destaque Salvador

Secretaria Municipal da Fazenda inicia projeto de recadastramento do patrimônio municipal

A Secretaria da Fazenda de Salvador iniciou, no início deste mês, o projeto de recadastramento imobiliário municipal. A ação tem como objetivo regularizar os imóveis pertencentes a administração pública e valorizar o patrimônio histórico-cultural da cidade, garantindo a construção de uma gestão mais eficiente no controle dos bens que pertencem ao município.

Com previsão de conclusão em 2023, o Recad também irá possibilitar a avaliação dos ativos da capital baiana. Inicialmente, serão catalogados 745 imóveis, entre terrenos e edificações.

Dados da pasta apontam que mais de três mil imóveis já estão cadastrados. O contrato com a empresa que cuidará da análise foi assinado no dia 2 de junho.

De acordo com a titular da Sefaz, Giovanna Victer, o Recad irá ajudar a valorizar o patrimônio histórico-cultural, ambiental e de potencial econômico da cidade de Salvador.

“Salvador é uma cidade histórica e, por causa disso, possui muitas áreas com registros antigos e, talvez, até inexistentes. Precisamos recuperar, regularizar e dar uma destinação adequada para essas áreas, com objetivo de permitir uma integração mais qualificada do cidadão com a cidade, através de investimentos em área de lazer, requalificação de vias, restauração de áreas verdes e manutenção do patrimônio histórico”, explicou.

Além de possibilitar o registro do patrimônio, o processo de recadastramento pode contribuir com uma possível revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), que tem como objetivo criar bases para uma Salvador mais inclusiva, equilibrada e sustentável, trazendo qualidade de vida para os cidadãos.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom PMS

Tags:

Leia também