Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque Salvador

Secretaria Municipal da Saúde adota Crachá com Nome Social para funcionários trans

Os servidores transexuais, transgêneros e travestis da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Salvador já podem solicitar o uso do nome social no crachá funcional, além de cartões de visita e e-mail institucional.

A adoção do Crachá com Nome Social tem como objetivo legitimar a identidade de gênero e oportunizar um espaço onde as diferenças sejam respeitadas.

Os interessados podem realizar o requerimento por meio do Sistema de Processos Eletrônicos (E-Salvador), na aba criar processo. O servidor deverá descrever o pedido com informações do órgão que está vinculado e o nome que será adotado na identificação funcional.

Embora seja prevista em lei, a campanha reforça o compromisso da SMS com a equidade de gêneros e a garantia de um ambiente inclusivo, além de contribuir diretamente com a saúde física e mental da comunidade trans.

“O uso do Nome Social é um direito conquistado pelas pessoas trans em Salvador desde 2010, através da Lei nº 7859. Sendo fundamental para eliminar situações constrangedoras ou discriminatórias em todos os espaços sociais, e reforçar o respeito à identidade de gênero das pessoas trans, a partir da utilização do nome pela qual se reconhece, identifica-se e é reconhecida e denominada pela comunidade”, destacou Erik Abade, técnico do Campo Temático Saúde da População LGBT.

Foto: Arquivo/PMP

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143