Digite sua busca

 

 

Bahia Destaque Entrevistas Notícias Notícias em destaque Política Programas Rádio Sociedade

Secretário de Comunicação da Bahia ressalta cuidados com as fake news: “É preciso um nível maior de responsabilidade”

O jornalismo de verdade tem como base a responsabilidade e escolha correta das fontes. Com um papel importante para a sociedade, é através dele que a população busca obter uma informação correta sobre determinado assunto.

Entretanto, com a era digital, um dos assuntos mais recorrentes é a propagação das notícias falsas, também conhecidas como fake news.

De acordo com um estudo realizado pela desenvolvido pela Kaspersky, empresa global de cibersegurança, em parceria com a empresa de pesquisa CORPA, na América Latina, 62% dos brasileiros não conseguem reconhecer uma notícia falsa.

Em entrevista realizada nesta segunda-feira (18), na Rádio Sociedade da Bahia, o secretário de Comunicação do Estado da Bahia, André Curvello, comentou sobre a importância de um jornalismo com credibilidade.

“É necessário um debate profundo para se discutir a responsabilidade dos veículos de comunicação. Desde que este debate tenha como alicerce a liberdade total de expressão. Mas alguns assuntos precisam ter um nível de responsabilidade maior”, frisa.

O secretário ressalta ainda sobre a importância das fontes. Segundo ele, é preciso combater as ‘fake news’ para conseguir uma informação concreta e contribuir para uma sociedade construtiva.

“As fontes são fundamentais sim, mas quando de fato elas existem. Quando são apenas para se criar uma nota ou notícia falsa, ela prejudica e é um desrespeito ao jornalista e veículo de comunicação e para quem está recebendo a informação”, ressalta.

Ainda de acordo com Curvello, a Secretaria de Comunicação perde muito tempo tentando combater a disseminação de notícias falsas. Para ele, é preciso haver mais seriedade e respeito para lidar com a notícia.

“O que a gente pede é uma reflexão sobre a maneira de como tratar o assunto. Mais importante do que qualquer coisa é ter o alicerce do respeito e preservar e lutar pela democracia e liberdade de expressão. Caso contrário, o veículo de comunicação perde o seu papel”, disse.

Foto: Divulgação | Secom

Tags:

Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143