Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Educação Entrevistas Notícias Programas Rádio Sociedade Salvador

Secretário de Educação de Salvador defende retorno das aulas presenciais: “fizemos protocolos rígidos”

Assunto polêmico e em evidência durante o processo de flexibilização das atividades, o retorno das aulas presenciais ainda vem causando muitas dúvidas entre os pais e responsáveis na Bahia.

De acordo com o secretário de Educação da Salvador, Marcelo Oliveira, em entrevista a Rádio Sociedade, na manhã desta quarta-feira (17), a retomada do ensino nas unidades de ensino é totalmente segura, tendo em vista os protocolos formulados.

Para o gestor, fatores como a interação entre professor e aluno são insubstituíveis e fundamentais no desenvolvimento  

“O ambiente escolar é um local muito mais seguro, com muito menos chances de contágio, que os ambientes onde essas crianças estavam convivendo, porque a maior parte dessas crianças não estavam em casa. Elas estavam interagindo com outras crianças, com os pais que continuam saindo para trabalhar, lutando pela sua sobrevivência”, explica. 

Conforme Oliveira, uma pesquisa está sendo desenvolvida pela pasta para analisar o motivo da grande resistência por parte das famílias em autorizar o retorno das crianças às salas de aula.

Entre as justificativas apontadas pelas famílias, estão a proximidade com o fim do ano letivo. Em contrapartida às desculpas, o secretário ressalta o retorno imediato dos estudantes. 

“Cada dia de aula é precioso. Nós já estamos com todas as escolas abertas, funcionando, com professores, material, merenda, prontas para receber os alunos, desde o dia 23 de agosto, seguindo o acordo com a representação sindical”, frisa.

Com a redução do distanciamento social, as escolas já estão recebendo um grande contingente de alunos, todos os dias, após retomar com o ensino híbrido, alternando entre aulas online e presencial, e as aulas em dias alternados.

Matrículas para 2022

O período de Cadastro da Educação Infantil para o ano letivo de 2022 foi aberto na manhã desta quarta-feira (17), pela Secretaria Municipal da Educação (Smed). 

De acordo com o órgão, podem ser cadastradas crianças de dois a cinco anos nascidas de 01/04/2016 a 31/03/2020. Alunos já matriculados na rede municipal não precisam realizar o cadastro.

A inscrição segue até 17 de dezembro e pode ser feito pela internet, no site educacao.salvador.ba.gov.br, ou presencialmente em qualquer escola da rede municipal.

Foto: Paula Fróes / GOV-BA

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143