Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Secretário Municipal de Saúde anuncia redução de 40% dos leitos de UTI em Salvador

O Secretário Municipal de Saúde (SMS), Léo Prates, declarou na manhã de hoje (19), o motivo da redução de 40% da quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados ao atendimento a pessoas com COVID-19, em Salvador (BA).

“40% a menos dos leitos de UTI que tivemos na primeira fase [da pandemia]. Muita gente tem me questionado na rua, por que eu estou desmobilizando leitos… se vier uma segunda onda… essa questão toda [sic]. Porque nós temos que equilibrar o dinheiro do cidadão e a vida das pessoas. Nesse momento não está tendo necessidade desses leitos. A gente não pode desperdiçar [dinheiro]”, disse.

“Somos uma cidade pobre, num estado pobre, mas com um bom prefeito, um prefeito organizado,  e com um governador que colocou as diferenças de lado, e está trabalhando conosco. Mas isso não quer dizer que o dinheiro é infinito. Então precisamos economizar para, se tiver necessidade numa nova onda, nós reinvestirmos na vida das pessoas”, completou o secretário.

A declaração do Secretário Municipal de Saúde de Salvador, foi feita justamente no momento em que Salvador registra 517 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24h, de acordo com o boletim da SESAB.

De acordo os dados oficiais da SMS, a capital baiana dispõe de 222 leitos de UTI para pacientes com COVID 19.

Foto: Gilberto Júnior / Farol da Bahia

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X