Digite sua busca

 

 

Brasil Destaque Notícias em destaque Política

Senador flagrado com dinheiro na cueca pede ampliação de afastamento para 121 dias

O senador Chico Rodrigues (DEM), que na semana passada flagrado pela Polícia Federal com R$ 33 mil em sua cueca pela Polícia Federal, pediu ampliação de seu afastamento do cargo de 90 para 121 dias, nesta terça-feira (20) e teve a solicitação atendida pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). A vaga no Senado será ocupada pelo filho e primeiro suplente dele, Pedro Arthur Ferreira Rodrigues.

Nesta segunda-feira (19) aliados passaram o dia propondo um acordo para que Chico Rodrigues se licenciasse. O próprio Jayme Campos (DEM), presidente do Conselho de Ética, sugeriu 121 dias de licença ao senador.

O parlamentar é suspeito de participar de um esquema de desvio de verbas públicas destinadas ao combate do coronavírus.

Foto: Divulgação.

LEIA MAIS:

PF apreende cerca de R$ 30 mil dentro da cueca de vice-líder do governo Bolsonaro

ACM Neto diz que Senador pego com dinheiro na cueca pode ser punido

Fux marca para quarta-feira julgamento sobre afastamento de senador

Bolsonaro comunica saída de Chico Rodrigues da vice-liderança do Governo

Chico Rodrigues diz que dinheiro escondido na cueca seria para pagar funcionários

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X