Digite sua busca

 

 

Brasil Economia Notícias Notícias em destaque

Servidores do Banco Central suspendem greve à espera de reajuste

Os servidores do Banco Central (BC) anunciaram nesta terça-feira (19), que a greve da categoria será suspensa por 15 dias para aguardarem uma confirmação sobre o ajuste salarial. Os funcionários do banco estavam há 19 dias em paralização. As informações são da CNN Brasil.

O Sindicato dos Servidores do Banco Central afirmou, por meio de nota, que a medida é um “voto de confiança” ao presidente do BC, Roberto Campos Neto, para “batalhar por uma proposta ainda melhor para os técnicos e analistas”. De acordo com o presidente da entidade, Fábio Faiad, os 5% oferecidos são insuficiente. “Se nada for oferecido oficialmente, a greve será retomada automaticamente a partir de 3 de maio de 2022”, informou.

Durante as duas semanas previstas, os funcionários do BC vão continuar realizando as operações padrão e paralisações diárias no período da tarde. A greve vem prejudicando a divulgação de estatísticas relevantes como o Boletim Focus, que apresenta as estimativas de inflação dos analistas de bancos e consultorias.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Tags:

Leia também