Digite sua busca

 

 

Bahia Justiça Notícias em destaque

STF nega pedido de desembargador acusado de vender sentenças para voltar ao TJ-BA

O desembargador Rubem Dario Peregrino Cunha, aposentado compulsoriamente após o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2012, determinar que ele teve vantagens indevidas em um processo, teve liminar negada para retornar às atividades pelo ministro Ricardo Lewandowski, do STF.

O ministro rejeitou o argumento da defesa que de que deveria revogar a responsabilização no processo administrativo disciplinar (PAD), após TJ-BA absolver o desembargador da autoria no crime de venda de sentenças por falta de provas.

Foto: Divulgação

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X