Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

STF retoma hoje julgamento sobre cultos religiosos na pandemia

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma hoje (8) o julgamento sobre a realização de cultos religiosos durante a pandemia de covid-19. A sessão plenária, por videoconferência, iniciada na tarde de ontem, foi suspensa após o voto do ministro Gilmar Mendes, que se posicionou contrário à liberação de cerimônias religiosas presenciais.

Em sua explanação, Gilmar citou que diante da gravidade da pandemia, é inadmissível qualquer ação do estado contrária à proteção da saúde coletiva da população. Na fala ele ainda pontou o número das vítimas da covid-19 no Brasil. “Temos diante de nós a maior crise epidemiológica dos últimos 100 anos. […] A Constituição Federal de 1988 não parece tutelar um direito fundamental à morte”, disse.

Outro destaque da sessão foi a sustentação oral do ministro André Mendonça da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, que defendeu a liberação dos cultos e missas.

“Ser cristão, na sua essência, é viver em comunhão – não apenas com Deus – mas com seu próximo. Ser cristão é ter compaixão do próximo… e ter compaixão é chorar junto, lamentar junto, dar o suporte necessário para que aqueles que se aproximam possam superar sua dificuldade. Sem vida em comunidade não há cristianismo”, disse

Foto: Felippe Sampaio/STF

Tags: