Digite sua busca

 

 

Brasil Destaque Notícias Notícias em destaque

STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para anular decisões das “rachadinhas”

O senador Flávio Bolsonaro teve o pedido para anular todas as investigações sobre a “rachadinha”, negado pelo ministro, Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça.

A defesa de Flávio pedia anulação de todas as decisões do juiz, Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio, como mandados de busca e apreensão e quebras de sigilo bancário, fiscal e telefônico dos investigados, como, por exemplo, o ex-assessor Fabrício Queiroz. 

Porém, as decisões de Itabaiana foram mantidas, incluindo as quebras de sigilo, mesmo sem o juiz de primeira instância à frente do caso. 

Queiroz é apontado pelo Ministério Público do Rio como responsável por chefiar o suposto esquema de repasses salariais no gabinete da Alerj. Em junho deste ano a Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça fluminense reconheceu o foro privilegiado do senador, que passou a ter o caso investigado pelo Órgão Especial do TJ. 

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X