Digite sua busca

 

 

ECBAHIA Futebol Notícias

STJD pune jogadores de Bahia e Ceará por briga na final da Copa do Nordeste

A Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou nesta quarta-feira (2), os jogadores de Bahia e Ceará envolvidos em uma briga após a final da Copa do Nordeste, em que o time baiano se consagrou tetra campeão da competição. Pelo Bahia, o lateral-direito Nino Paraíba pegou gancho de sete partidas. Já o zagueiro Juninho e o meia Daniel receberam a suspensão de seis jogos.

No Ceará, o atacante Mendoza foi punido em oito partidas, enquanto o centroavante Jael recebeu gancho de sete jogos e o lateral-direito Gabriel Dias terá que ficar fora por seis. Os clubes também foram punidos com multa. O Bahia terá que pagar R$ 15 mil e o Ceará R$ 16,6 mil.

Nino Paraíba foi denunciado por por conduta desleal (artigo 250), dupla agressão (artigo 254-A por duas vezes), participar de rixa, conflito ou tumulto (artigo 257) e invasão de campo (artigo 258-B).

Já Daniel foi enquadrado por agressão (artigo 254-A) e por participar de rixa, conflito ou tumulto (artigo 257). Por fim, Juninho foi citado em denúncia por dupla agressão (artigo 254-A duas vezes) e por participar de rixa, conflito ou tumulto (artigo 257).

Enquanto o Bahia foi denunciado por pessoas credenciadas pelo clube baiano sem máscara ou com uso de forma inadequada (artigo 191, inciso III), desordem (artigo 213, inciso I), invasão de campo (artigo 213, inciso II) e pela rixa, tumulto ou conflito (artigo 257).

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143