Digite sua busca

 

 

Notícias Notícias em destaque

Tiroteio no Jacarezinho deixa ao menos 25 mortos

Cerca de 25 pessoas morreram durante uma operação da Polícia Civil no complexo do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro, que já dura mais de oito horas. Segundo os investigadores, a maioria dos mortos teria envolvimento com o crime organizado e tráfico de drogas.

A ação, que começou no início da manhã de hoje (6), resultou na morte do policial civil André Leonardo de Mello Frias, e deixou outros três agentes feridos. De acordo com a polícia, duas pessoas foram vítimas de balas perdidas em uma estação do Metrô Rio, que está localizada na região do Jacarezinho.

Em nota, a Sepol (Secretaria Estadual de Polícia) lamentou a morte do agente.

“A Sepol se solidariza com amigos e familiares, e sente muito a dor pela morte do inspetor que teve uma trajetória ilibada na instituição, sendo admirado e respeitado por todos. Ele honrou a profissão que amava e deixará saudade. Mas também deixa o sentimento de que o trabalho não pode parar”, diz o texto.

Em junho de 2020, através de decisão monocrática do Ministro Edson Fachin, o STF (Supremo Tribunal Federal), proibiu as operações policiais em favelas durante a pandemia. A decisão permite a ação policial apenas em “hipóteses absolutamente excepcionais”, com responsabilização civil e criminal em caso de descumprimento.

Foto: Google Street View / Reprodução


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143