Digite sua busca

 

 

Bahia Justiça Notícias Notícias em destaque Salvador

TJ-BA nega segredo de Justiça em processo de advogado suspeito de matar namorada em Salvador

O pedido de segredo de Justiça no caso do feminicídio da jovem Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, foi negado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) após pedido da defesa do advogado José Luiz de Britto Meira Júnior, suspeito de matar a vítima com um tiro na boca, após uma discussão no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, na madrugada do último domingo (20).

O pedido foi negado porque o TJ-BA entendeu que o caso é de interesse público, já que houve grande repercussão na morte da jovem. Ademais, a Justiça avaliou que os jornalistas e imprensa não estão ofendendo a honra do advogado, nem invadindo a intimidade dele.

Na manhã desta quarta-feira (20), ele segue detido preventivamente no Serviço de Polícia Interestadual (Polinter), em Salvador.

Leia também:

Caso Kezia: porteiro diz que jovem revelou ameaça do advogado antes de morrer

Foto: Reprodução / Redes sociais

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143