Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Notícias Notícias em destaque Salvador

Toque de recolher é prorrogado em todo estado até 1º de junho; bebidas alcoólicas estão proibidas nos fins de semana

Após aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI Covid e do número de atendimentos nas unidades de saúde, o ‘ toque de recolher’ expedido pelo Governo do Estado sofre alterações a partir desta segunda-feira (24). A ação determina o fechamento dos estabelecimentos comerciais e o trânsito de pessoas na capital baiana e interior do estado, durante o período das 22h às 5h, de segunda à quinta e das 20h às 5h, de sexta à domingo, até o dia 1º de junho.

As regiões da Chapada, Oeste, Sudoeste e Extremo-Sul, as medidas de restrição de locomoção tem validade das 20h às 5h. A medida tem como objetivo coibir as aglomerações e conter a proliferação do novo coronavírus.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h.

De acordo com o decreto, os bares, restaurantes poderão funcionar até às 19h, todos os dias, até 1º de junho. Durante o fim de semana, a comercialização de bebidas alcóolicas nestes estabelecimentos, inclusive delivery, está proibida -restrito à venda de alimentos e bebidas não alcoólicas.

Na região metropolitana de Salvador, o toque de recolher começa mais cedo e tem validade das 20h do dia 28 às 5h de 31 de maio.

Fica prorrogado também, a proibição shows e eventos, públicos ou privados, independentemente do número de participantes, eventos desportivos, recreativos, culturais, circenses e outros, como cerimônias de casamento, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, em todo o estado.

Além disso, fica estabelecido que a circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá encerrar às 22h30. Para atender a demanda dos usuários, 20 coletivos extras ficarão em stand-by nas Estações de Transbordo da capital baiana.

Entre 24 e 28 de maior, a circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 22h30 às 5h, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 29 e 30 de maio.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 22h30 até às 5h. Nos dias 29 e 30 de maio, a circulação deverá ocorrer com a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação.

Já o funcionamento dos terminais rodoviários, metroviários e aeroviários, bem como o deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização dos serviços de limpeza pública e manutenção urbana, além dos serviços delivery de farmácia e medicamentos e atividades profissionais de transporte privado de passageiros não serão enquadrados nesta determinação.

Foto: Alberto Maraux | SSP-BA


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143