Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Salvador

Trabalhadores da feira de São Joaquim relatam insatisfação com remanejamento: “Vamos para onde?”

Os trabalhadores da feira de São Joaquim, em Salvador, relataram que estão sendo obrigados a saírem do local. De acordo com eles, agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) estiveram no local por volta das 5h da manhã desta sexta-feira (12), notificaram os feirantes e deram o prazo de 72h para eles se retirarem.

Feirante há 15 anos, André Luiz Simões disse ao Sociedade Online que o prefeito Bruno Reis (UB) precisa dar uma solução. “Vamos para onde? Mãe de família e pai de família aqui, ele quer o quê? Que a gente vá para onde? Ele tem que arrumar um lugar para a gente. Eu tenho 15 anos trabalhando aqui, tem pessoas que tem mais. A gente vai sair daqui e vai para onde? Se ele arrumar um lugar para a gente ficar ou arrumar um benefício para todo mundo eu fico em casa. Mas sem isso não, eu vou batalhar aqui”, protestou.

Itamar Santos, que também trabalha na Feira de São Joaquim, relatou que depende do trabalho que desenvolve no local para sobreviver e cobrou uma atitude dos órgãos competentes. “A gente já trabalha aqui há mais de 30 anos. Aqui é o nosso ganha pão. Nós dependemos disso aqui. Então não pode o prefeito de uma hora para outra querer tirar a gente daqui. Como vamos comer, sustentar nossos filhos, nossa família?”, questionou o feirante.

“Eu acho isso errado. A gente quer uma providência dos órgãos competentes para ver como que vai ficar a situação da gente. Se vai ter algum benefício. […] o desemprego está alto. A gente depende totalmente disso aqui. Cabe aos órgãos competentes terem um pouco de cautela”, completou.

De acordo com os feirantes, está sendo organizada uma manifestação, prevista para acontecer na manhã deste sábado (13), para protestar contra a retirada dos trabalhadores do local.

O que diz a prefeitura

Em nota, a Semop disse que “vem realizando um trabalho de ordenamento no local, com o objetivo de melhorar o serviço do trabalhador informal, seus clientes e segurança no trânsito”. “Vale ressaltar que o local não é regular para o comércio informal”, finaliza o texto.

Durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, falou sobre a situação dos feirantes. Segundo ele, camelódromos foram criados na região.

“Um ao lado do Bradesco, que fica ao lado da estação da Calçada. E outro em frente à estação da Calçada. Colocamos cobertura isotérmica, oferecendo mais dignidade a essas pessoas que estão tralhando, comercializando seus produtos, pessoas que trabalham no comércio informal, camelôs, ambulantes, que são fundamentais”, disse.

O gestor disse que em frente a feira de São Joaquim há um desornamento e que a prefeitura precisa agir. “Isso está gerando impacto no trânsito e na mobilidade da cidade. É óbvio que não há como deixar de falar de um atraso que há de toda a requalificação da feira de São Joaquim. Só realizada apenas a primeira etapa. As etapas seguintes não foram realizadas e a consequência disso, agravada ainda mais por conta da crise econômica, é quantidade de pessoas que estão nas ruas, comercializando seus produtos e que acabam gerando transtornos para a cidade. A prefeitura tem a missão de equilibrar isso. Então esses camelôs e ambulantes poderão ser remanejados para outros lugares”, pontuou.

Bruno afirmou que a prefeitura mantém, com os feirantes, uma relação do mais elevado nível de respeito. “Em todas a nossas obras a gente se preocupa sempre em garantir os espaços, até porque o objetivo quando a gente realiza uma obra de ordenamento é gerar emprego e renda. Mas, efetivamente, não dá para permitir que eles fiquem ali correndo risco de vida e colocando as pessoas em risco também”.

Questionado sobre para onde os trabalhadores poderão ir, o prefeito disse que eles podem buscar de forma ordenada outros locais da cidade. “A gente pede que eles compreendam diante do risco que há de estarem trabalhando naquele local”, completou

Fotos: Leitor Sociedade Online

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143