Digite sua busca

 

 

Brasil Notícias Notícias em destaque

Trabalho sem carteira e por conta própria bate novo recorde

Cresceu e atingiu um novo recorde o número de pessoas que trabalham por conta própria e sem carteira assinada, segundo dados divulgados hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A categoria chegou a 24,3 milhões de pessoas no trimestre encerrado em agosto, o que significa alta de 4,7% (mais 1,1 milhão de pessoas), quando comparado ao mesmo período de 2018.

Este foi o maior número na série histórica da pesquisa. De acordo o órgão, o número de empregados sem carteira de trabalho assinada atingiu o recorde de 11,8 milhões de pessoas no ano, o que significa um crescimento anual de 5,9% (com mais 661 mil pessoas).

O número de trabalhadores com carteira assinada ficou em 33,0 milhões. O índice representa uma estabilidade tanto na comparação com o mesmo período do ano passado como em relação ao trimestre anterior.

Já a taxa de desemprego no Brasil ficou em 11,8 % no trimestre encerrado em agosto e atingiu 12,6 milhões de pessoas. O resultado também significa estabilidade quando comparado ao trimestre encerrado em julho, quando a taxa ficou em 11,8% e o número de desempregados também ficou em 12,6 milhões.

Comparando ao mesmo trimestre do ano passado, quando havia ficado em 12,1%, a taxa de desemprego caiu 0,3 ponto percentual. Houve melhora na comparação o trimestre móvel de março a maio: 12,3%.

Foto: Divulgação/Governo do Paraná

 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X