Digite sua busca

 

 

Bahia Cidades Diversos Justiça Notícias

Tribunal de Justiça realiza drive-thru para retirada de processos físicos

A Secretaria Judiciária em ação conjunta com a Coordenação de Projetos do Poder Judiciário do Estado da Bahia viabilizou um esquema de drive-thru para retirada de processos físicos em trâmite no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), através de agendamento prévio para evitar aglomerações; carga dos autos é destinada à advogados, membros do Ministério Público, Defensoria Pública, Procuradoria do Município, Procuradoria do Estado, Procuradoria da União e do INSS.

Os pedidos deverão ser realizados, obrigatoriamente, com o nome e o número da OAB do advogado que fará a retirada, além do contato telefônico, número do processo, e-mail e identificação do assunto “carga programada de processo físico”, por meio dos endereços:

[email protected], para processos da Secretaria da Primeira Câmara Cível;
[email protected], para processos da Secretaria da Segunda Câmara Cível;
[email protected], para processos da Secretaria da Terceira Câmara Cível;
[email protected], para processos da Secretaria da Quarta Câmara Cível;
[email protected], para processos da Secretaria da Quinta Câmara Cível;
[email protected], para processos da Seção Cível de Direito Público, Privado e Cíveis Reunidas;
[email protected], para processos da Secretaria da Seção Criminal;
[email protected], para processos da Secretaria da Primeira Câmara Criminal;
[email protected], para processos da Secretaria da Segunda Câmara Criminal; [email protected], para processos da Secretaria do Tribunal Pleno;
[email protected], para processos da Secretaria da Seção de Recursos.

A retirada e a devolução dos processos devem ser feitas no estacionamento do edifício sede do TJ, localizado na 5ª Avenida, 560, no Centro Administrativo da Bahia, das 9h às 15h. No mesmo local também será possível protocolizar até 10 petições, inclusive àquelas intermediárias urgentes.

Confira vídeo explicativo do sistema de retirada de processos no Tribunal de Justiça

Foto: Divulgação|TJ-BA

    
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sociedade Play
X