Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque SAÚDE

Vacina BCG é interrompida em Feira de Santana por falta de seringas

A aplicação da vacina BCG foi interrompida em Feira de Santana, cidade localizada a cerca de 100km de Salvador, por falta de seringas no mercado. A informação foi confirmada pela própria Secretaria de Saúde (SMS) do município, nesta sexta-feira (4).

Segundo a SMS, o imunizante protege crianças menores de cinco anos contra formas graves da doença, como meningite e tuberculose.

O secretário de Saúde, Marcelo Britto, informou que a escassez do material se deve à grande demanda pela compra de seringas com agulhas mais finas, para que seja aplicada a vacina Pfizer, contra a Covid-19, cuja dosagem é semelhante à da BCG.

Britto também afirmou que a BCG requer uma dosagem menor de 0,5 ml. Para isso, é necessário que haja uma seringa especial, com agulhas mais finas. Contudo, de acordo com ele, o mercado tem atendido, com preferência, à demanda da pandemia, especialmente na aplicação da Pfizer.

A gestão municipal, porém, procura as seringas pelo Brasil e no exterior. Segundo Marcelo Britto, a SMS recebia as seringas e as vacinas entregues pelo Núcleo Regional de Saúde (NRS), que também está com a mesma dificuldade.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Tags:

Leia também