Digite sua busca

 

 

Notícias em destaque Salvador SAÚDE

Vacinação para idosos a partir de 90 anos começa na próxima terça-feira

Os idosos acima de 90 anos residentes em Salvador começam a ser vacinados contra a Covid-19 na próxima terça-feira (2). A estratégia de imunização deste público-alvo foi apresentada pelo prefeito Bruno Reis na manhã deste sábado (30) em uma entrevista coletiva, no 5º Centro de Saúde Clementino Fraga, nos Barris. Também estiveram presentes a vice-prefeita Ana Paula Matos e o secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates.

Nesta estratégia serão vacinados cerca de 7,8 mil idosos que estão cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS) residentes em Salvador. De acordo com o prefeito Bruno Reis, até o momento, foram imunizados os idosos em instituições de longa permanência, asilos e conventos. Todas as equipes estão empenhadas para o processo de vacinação e a intenção é de que seja concluída a imunização dos profissionais de saúde na segunda (1º) e, assim, iniciar a ação com os idosos acima de 90 anos na terça-feira.

A imunização será realizada de forma escalonada: na terça-feira (2), serão vacinados os cidadãos a partir de 95 anos; na quarta-feira (3), será a vez dos idosos com 94 anos; na quinta-feira (4), quem tem 94 anos; na sexta-feira (5), os idosos com 93 anos; no sábado (6), as pessoas com 91 anos; e, por fim, no domingo (7), aqueles que têm 90 anos de idade.

Serão montados dois postos exclusivos de drive-thru para essa estratégia, situados no 5º Centro de Saúde e no Atakadão de Fazenda Coutos, no Subúrbio. Além disso, o próprio 5º Centro de Saúde e a Unidade de Saúde da Família (USF) Plataforma farão a vacinação de forma presencial. O prefeito destacou que a atenção especial ao Subúrbio é devido ao fato de a região concentrar o maior número de idosos da capital baiana.

Vacina Express – Antes de comparecer a estes locais, é necessário que o idoso ou responsável verifique se o nome está na lista de habilitados para receber a dose, através do site www.vacinaexpress.saude.salvador.ba.gov.br . Também através desta ferramenta, pode ser feito o agendamento para vacinação em casa do idoso que estiver acamado. O serviço é limitado a 70 pessoas por dia.

Cadastro – Caso o nome do idoso não esteja na lista, ele ou o responsável poderá fazer o cadastramento no 5º Centro de Saúde e receber a dose. É necessário levar a carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Foto: Betto Jr/Secom