Digite sua busca

 

 

Bahia Notícias Notícias em destaque Salvador Serviço Trânsito

Vistorias de veículos serão retomadas em Salvador

As vistorias de veículos de transporte particular serão retomadas por meio da Secretaria de Mobilidade (Semob) a partir do dia 2 de agosto, em Salvador. Deverão passar pela inspeção os táxis, mototáxis e veículos de transporte escolar. A verificação acontecerá de forma escalonada, de acordo com a categoria e o alvará de cada veículo.

Para passar pela vistoria, é necessário fazer o agendamento prévio no site de mobilidade. Os atendimentos serão realizados de segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h30, na sede da Coordenadoria de Transportes Especiais (Cotae), localizada na Avenida Vale dos Barris, ao lado do Estacionamento São Raimundo.

Os táxis comuns serão os primeiros a serem atendidos. Os motoristas precisarão ter em mãos a documentação exigida, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação (CNH), certificado da última aferição, cartão de identificação, comprovante de residência, selo GNV, licenciamento atualizado e licença de veiculação do engenho de publicidade em táxi.

É importante o taxista ficar atento às faixas laterais e o número de alvará, itens de padronização obrigatórios que serão observados durante a inspeção. Também serão verificados itens de segurança, higiene e conservação do veículo.

Entre 4 e 21 de outubro, será a vez dos mototaxistas, que precisarão apresentar o cartão de identificação válido, comprovante de residência, licenciamento atualizado, CNH e apólice de seguro da motocicleta.

Os veículos de transporte escolar serão inspecionados entre os dias 25 de outubro a 8 de novembro. Durante a vistoria, deverão ser apresentados o cartão de identificação, comprovante de residência, licenciamento do veículo atualizado, habilitação do condutor na categoria D, pagamento da taxa de vistoria, “nada consta” de multas de trânsito e selo GNV.

Também serão observados itens como padronização obrigatória dos veículos (conforme artigo 136 do Código de Trânsito Brasileiro), condições de tráfego e de higiene, estado de conservação, controlador de velocidade (tacógrafo) já devidamente aferido pelo Ibametro, equipamentos de segurança (extintor de 4kg, macaco, triângulo e chave de roda) e câmera de ré.

Caso seja identificado algum problema, o permissionário terá um prazo de 10 a 30 dias para solucionar e retornar à Cotae para uma nova vistoria.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Tags:

Leia também


Notice: Undefined index: bg_img_color in /home/rdsoncom/public_html/wp-content/plugins/convertplug/modules/info_bar/functions/functions.php on line 143